Imprensa     >     Legado Verdes do Cerrado abre inscrições para escolas e instituições visitarem gratuitamente Reserva de 32 mil hectares
14 jul, 23

Legado Verdes do Cerrado abre inscrições para escolas e instituições visitarem gratuitamente Reserva de 32 mil hectares

Programa Portas Abertas está na segunda edição e a iniciativa tem como objetivo proporcionar 

um dia de experiência e imersão em Reserva Privada no Cerrado

Inscrições vão até 30 de março

 

Escolas públicas, instituições beneficentes e sem fins lucrativos, associações e cooperativas de Niquelândia, municípios limítrofes e região da Chapada dos Veadeiros, tem até o dia 30 de março para se inscrever no Programa Portas Abertas do Legado Verdes do Cerrado, Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável (RPDS), de propriedade da CBA – Companhia Brasileira de Alumínio. 

Com o objetivo de proporcionar momentos de diversão, conhecimento e muito contato com a natureza, o Legado Verdes do Cerrado abriu as inscrições para a 2ª edição do Programa Portas Abertas. A iniciativa também visa fortalecer o relacionamento com a comunidade, apresentando o trabalho realizado pelo Legado para conservação do Cerrado e desenvolvimento territorial. 

Para conhecer o local, os selecionados vivenciarão, gratuitamente, uma experiência na Reserva, por meio de trilha e visita às áreas de agrofloresta e ao Centro de Biodiversidade, uma iniciativa inédita no país que une pesquisa científica com a produção de espécies nativas da flora do Cerrado. A programação também inclui café da manhã e almoço no restaurante da Reserva. 

Na edição passada, a Reserva recebeu duas instituições de Niquelândia: a Associação dos Corredores e a Escola Municipal Iná de Souza Mendonça. 

O Programa Portas Abertas é uma iniciativa de Atuação Social, que também já acontece no Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, localizado no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O Legado Verdes do Cerrado e o Legado das Águas são administrados pela Reservas Votorantim, empresa do portfólio da Votorantim S.A, especializada em gestão de territórios e soluções baseadas na natureza para negócios tradicionais e da nova economia.

Como participar

As inscrições e o edital completo estão disponíveis em: www.legadoverdesdocerrado.com.br/programa-portas-abertas/, ou pelas redes sociais do Legado Verdes do Cerrado (no Facebook Legado Verdes do Cerrado, e no Instagram @legadodocerrado). Todos os critérios de seleção são públicos e podem ser acessados no edital. Vale lembrar que a ordem de inscrição também será considerada como critério de escolha. 

A seleção será realizada entre os dias 1 e 14 de abril deste ano, e os selecionados serão informados por e-mail, entre os dias 18 e 20 de abril. As visitas estão previstas para acontecer de maio a outubro, sendo uma instituição selecionada por mês, com grupos de até 30 pessoas.

Sobre o Legado Verdes do Cerrado

O Legado Verdes do Cerrado, com aproximadamente 80% da área composta por cerrado nativo, é uma área de 32 mil hectares da CBA – Companhia Brasileira de Alumínio, uma das empresas investidas no portfólio da Votorantim S.A. A cerca de três horas de Brasília, é composta por dois núcleos. No núcleo Engenho, nascem três rios: Peixe, São Bento e Traíras, de onde é captada toda a água para o abastecimento público de Niquelândia/GO. Nele está a sede do Legado Verdes do Cerrado onde, em 23 mil hectares, são realizadas pesquisas científicas, ações de educação ambiental e atividades da nova economia, como produção de plantas e reflorestamento; enquanto 5 mil hectares são áreas dedicadas à pecuária, produção de soja e silvicultura. O núcleo Santo Antônio Serra Negra, com 5 mil hectares, mantém o cerrado nativo intocado e tem parte de sua área margeada pelo Lago da Serra da Mesa.

Acompanhe o Legado Verdes do Cerrado no Facebook e Instagram:

www.facebook.com/legadoverdesdocerrado

www.instagram.com/legadodocerrado

 

Sobre a CBA 

Desde 1955, a CBA – Companhia Brasileira de Alumínio atua de forma integrada, da mineração ao produto final, incluindo a etapa de reciclagem. Com capacidade de gerar 100% da energia consumida através de fontes renováveis, a CBA fornece soluções sustentáveis para os mercados de embalagens, transportes, automotivo, construção civil, energia e bens de consumo, além de ser líder em reciclagem de sucata industrial de alumínio. 

Com a abertura de capital em 2021 (CBAV3), foi a primeira Companhia no segmento a ter ações negociadas na B3 e ingressou na carteira do ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial – no seu primeiro ano de elegibilidade. Com receita líquida de R$ 8,4 bilhões em 2021 e R$ 1,5 bilhão de EBITDA ajustado no período, a CBA tem o compromisso de garantir a oferta de alumínio de baixo carbono em parceria com os stakeholders, desenvolvendo as comunidades em que está inserida e promovendo a conservação da biodiversidade. 

Quer saber mais? Acesse www.ri.cba.com.br

Informações à Imprensa Legado das Águas

Agência Terra Comunicação

Laila Rebecca |[email protected] | 55 (12) 9 9686-3436